Site ou redes sociais?

“Eu tenho um Instagram bacana para meu escritório? Preciso mesmo criar um site? Vale a pena ter um site?”

Se você se identifica com essa frase, quando o assunto é marketing digital para arquitetos e designers de interiores, você não está sozinho(a).

E o motivo é bem simples. A mente humana esta sempre em busca de economizar energia e tempo.

Se uma tarefa tende a ser trabalhosa e não apresenta garantia de resultado você vai adiar isso ao máximo.

Pode ser assim que você pense, a respeito de ter um site para seu escritório.

E se você esta começando agora e ainda não tem um portfólio, nem fotos de projetos, pensar dessa forma parece algo mais lógico.

“Por que ter um site se eu não tenho nem projeto para colocar lá? Qual o sentido disso?”

“Melhor seria esperar para investir num site quando realmente tivesse algo para mostrar para as pessoas?”

Analisando superficialmente, esse pensamento parece ter sentido.

Será que essa é realmente uma estratégia inteligente?

Assista também em vídeo: Vale a pena ter um site?

Orkut

Você provavelmente conheceu ou já deve ter ouvido falar sobre o Orkut. A primeira rede social do mundo, extinta em 2014.

O que me chama a atenção na frase acima é a palavra extinta. Isso mesmo! Em 2002 (se não me engano, nascia uma rede que iria revolucionar a internet.

Um lugar onde era possível acompanhar de perto, o dia a dia de amigos e familiares.

Compartilhar fotos, criar álbuns, trocar mensagens, participar de comunidades, conhecer pessoas novas.

“Meus Deus, o futuro é aqui!” (pelo menos era…)

Orkut teve um crescimento meteórico, alcançou a marca de 300 milhões de usuários e teve uma morte prematura antes de viver a sua adolescência.

Hoje no seu endereço online você encontra uma saudosa carta de despedida.

É o Orkut acabou mesmo e deixou saudade!

Junto com ele, acabaram muitos negócios que se utilizavam dele como plataforma de venda.

Isso mesmo, enquanto você conversava nas comunidades, tinha gente fazendo negócios através do Orkut.

Eu mesmo me beneficiei profissionalmente com ele. Na época era estudante de arquitetura e estava aprendendo maquetes eletrônicas.

Comecei a publicar meus trabalhos num álbum do orkut, e uma imagem que produzi chamou a atenção de um colega da faculdade.

Ele me convidou para estagiar num escritório de grande notoriedade aqui na Bahia, que sempre tive vontade de trabalhar.

Ali eu comecei a entender o potencial da internet para carreira e negócios.

Terreno alugado

O que podemos aprender com a história do orkut?

Que ter um perfil numa rede social é alugar loja no shopping de alguém! É construir um prédio num terreno alugado.

Ou seja, a qualquer momento o shopping pode pedir que liberem a loja. O dono do terreno pode pedir pra demolir seu prédio.

Então não construa o patrimônio digital do seu negócio num lugar alugado. Tenha seu próprio terreno e alugue outros terrenos apenas para ampliar o seu negócio.

Terreno próprio

Bom chega de metáforas! O terreno próprio é seu site! É la que você vai criar um ativo importante para seu escritório.

No seu site você vai conseguir ter total controle sobre como as coisas funcionam. O terreno é seu, as regras são suas! Simples assim!

Pode parecer algo desnecessário, como citei no início desse texto. Mas se você estiver conduzindo seu escritório para dar certo, e pensando como um negócio de longo prazo, não vai encarar dessa forma.

Agora as coisas começam a fazer sentido.

Leia também:

Sites para Arquitetos e Designers de Interiores

Mesmo que você ainda não tenha portfólio, ponha seu site no ar. O mais rápido possível.

Quanto mais tempo seu site estiver no ar, mais credibilidade ele terá para o Google.

Você pode começar com um site provisório no estilo one page, ou seja página única. A medida que você for criando mais conteúdo, você adiciona mais páginas.

A função do site é facilitar a comunicação e o atendimento dos seus clientes através da internet.

Encare seu site, assim como as suas redes sociais, como serviços que sua empresa presta na internet (seja ele gratuito ou não).

Partindo desse princípio no seu site devem constar informações relevantes sobre seu escritório, sobre você, suas especialidades e seus serviços.

A região onde você atua e os seus contatos devem ficar facilmente visíveis no site. São duas informações importantíssimas para essa estratégia.

Também é interessante incluir fotos suas para que você seja facilmente identificado(a).

Planeje o layout e as cores do seu site de acordo com a sua marca e identidade corporativa.

As redes sociais podem ser mais fáceis de criar e configurar. Porém além da segurança de estar construindo seu negócio num terreno próprio, ter um site vai transmitir mais confiança e credibilidade para seus futuros clientes.

Se deseja receber atualizações sobre marketing digital para seu escritório, inscreva-se agora para a Lista ARQ.UP.

Deixe seu comentário